CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ECONOMIA APLICADA - ESALQ/USP
 INSTITUCIONAL         ÁREAS DE PESQUISAS         IMPRENSA         CONTATO 
"A pesquisa que se aplica ao seu dia a dia"
 English     Español     Français     Deutsch 
 
    Açúcar        Algodão        Arroz        Bezerro        Boi        Café        Citros        Etanol        Frango        Ovos        Hortifrutícolas        Leite        Mandioca        Milho        Soja        Suíno        Trigo   
 INDICADORES DE PREÇOS 
 ÍNDICES EXPORTAÇÃO AGRO 
 PIB AGRONEGÓCIO - BR 
 PIB CADEIAS AGROPEC.
 PIB AGRO MINAS GERAIS 
 ECONOMIA FLORESTAL 
 MERCADO INTERNACIONAL 
 ECONOMIA SOCIAL 
 ADECA - VIAB. ECONÔMICA 
twitter/CepeaEsalq
facebook/CepeaEsalq
  21 mar 2012    PIB-AGRO/RJ: Cepea prepara cálculos do PIB do Agronegócio do Rio de Janeiro    21 mar 2012    PIB-AGRO/RJ: Cepea prepara cálculos do PIB do Agronegócio do Rio de Janeiro    21 mar 2012    PIB-AGRO/RJ: Cepea prepara cálculos do PIB do Agronegócio do Rio de Janeiro    21 mar 2012    PIB-AGRO/RJ: Cepea prepara cálculos do PIB do Agronegócio do Rio de Janeiro    21 mar 2012    PIB-AGRO/RJ: Cepea prepara cálculos do PIB do Agronegócio do Rio de Janeiro    21 mar 2012    PIB-AGRO/RJ: Cepea prepara cálculos do PIB do Agronegócio do Rio de Janeiro    21 mar 2012    PIB-AGRO/RJ: Cepea prepara cálculos do PIB do Agronegócio do Rio de Janeiro    21 mar 2012    PIB-AGRO/RJ: Cepea prepara cálculos do PIB do Agronegócio do Rio de Janeiro 
HomePIB do Agronegócio pibcepea@usp.br
 
PIB Agro CEPEA-USP/CNA

Calculado pelo Cepea, com o apoio financeiro da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)

PIB do Agronegócio - Dados de 1994 a 2011

  • Taxas mensais de crescimento, Valores do PIB Agro (por segmento) e sua participação no PIB do Brasil (agregado e por segmento, entre 1994 e 2011).

    Nota: A tabela com os dados do PIB do Agronegócio de 2012 e 2013 não está disponível no site, já que a equipe do Cepea aguarda revisão de séries divulgadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Essa alteração de dados do IBGE faz parte do projeto de implantação da nova série do Sistema de Contas Nacionais – referência 2010 (SCN). Mais informações: Clique aqui

    Análise de 2012

    Análise de 2013

    Análise de Janeiro/14

    Comentários sobre Janeiro de 2014:
    O PIB do agronegócio brasileiro cresceu ligeiramente em janeiro, 0,02%. Entre os segmentos, os que se elevaram foram o básico e o industrial, ambos 0,07%. Já os insumos recuaram 0,2% no inicio do ano, e distribuição se manteve estável. Quanto ao desempenho “dentro da porteira”, o destaque no primeiro mês de 2014 foi para a cadeia pecuária, que cresceu 0,25%. Tal desempenho está atrelado à maior produção média dos setores acompanhados (3,02%), visto que para os preços houve redução (0,15%). Quanto aos preços da pecuária básica, apenas os das aves se reduziram (22,72%), para as demais atividades houve valorização.
    A cadeia da agricultura teve retração de 0,07% “dentro da porteira”, como resultado da queda nas cotações médias, pressionadas pelos resultados da batata, café, cana-de-açúcar, tomate e, principalmente, milho. Já para a produção, a expectativa é que a de 2014 supere o ano anterior, em 2,29%, com fortes influências da expansão da soja. A agroindústria, que também iniciou 2014 em alta, foi puxada principalmente pelas atividades de processamento animal, que cresceram 0,68%, com elevação nas três indústrias acompanhadas (calçados, abate e laticínios). Para o processamento vegetal houve leve queda de 0,03%, com destaque positivo para o etanol, e negativo para os óleos vegetais. Em janeiro, a inflação (medida pelo IPCA) desacelerou para 0,55%, queda de 0.37p.p em relação à taxa de dezembro/13, e menor índice para janeiro desde 2009. Essa redução está relacionada principalmente ao grupo de transportes, que havia se valorizado 1,98% no mês anterior, e passou a um decréscimo de 0,03% em janeiro. Impactaram no resultado do grupo a desaceleração dos combustíveis, que em janeiro cresceram a taxa menos expressiva que as observadas ao final de 2013, quando ocorreram reajustes implementados pelo governo federal. O grupo dos alimentos e bebidas também apresentou leve redução em relação a dezembro, ficando neste mês em 0,84% (0,05 p.p. abaixo de dezembro). No entanto, quando se comparado com janeiro/13, observa-se intensa mudança de cenário, visto que a na época houve alta de 1,99%, refletindo o início da disparada dos preços de produtos como a batata e o tomate. (Cepea)

    Nota: As taxas mensais podem ser alteradas devido aos ajustes de volume feitos pelo IBGE (uma das fontes de dados para o cálculo deste PIB) em meses subsequentes. Em alguns casos, o ajuste ocorre no mês seguinte, mas, noutros, até três meses depois.
  •  ‹‹ voltar 

     PIB Agro CEPEA-USP/CNA  
     Nota metodológica 
     Definições 
     Equipe de Macroeconomia 
      
     ESTRUTURA MACRO 
      
     PIB Agro: Diferenças entre Cepea e IBGE 
     Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada - CEPEA 
     Departamento de Economia, Administração e Sociologia - DEAS 
     Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - ESALQ 
     Universidade de São Paulo - USP 
     RSS - Cepea 
     twitter/CepeaEsalq 
     facebook/CepeaEsalq 
     Política de Direitos Autorais 
     (19) 3429 8800
     Como Chegar ao Cepea 
     Imprensa 
     Contato 
     Programa de Estágio 
    ©2014 - Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada - ESALQ/USP