AÇÚCAR: Chuvas sustentam preços

Nos últimos dias, as cotações do açúcar no Estado de São Paulo se mantiveram elevadas. A queda na produção em decorrência das chuvas nos meses de abril e maio é ainda apontada como fator de sustentação dos preços. Essas precipitações podem dificultar a colheita de toda a produção de cana prevista, já que, por conta do atraso, o final da safra se estenderia para o período tradicionalmente chuvoso. Além disso, a demanda do mercado externo mais aquecida continuou contribuindo para a valorização dos preços internos. As negociações domésticas, no entanto, foram realizadas em pequenos volumes, dado o patamar elevado dos preços. O Indicador CEPEA/ESALQ para o açúcar cristal fechou a R$ 29,79/saca 50kg nessa quarta, alta de 1,43% no mês. Motivados pelas últimas altas, atacadistas entraram no mercado ofertando açúcar a níveis um pouco inferiores aos das usinas. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado