ÁLCOOL: Maior demanda não afeta cotações

No início da última semana, as usinas entraram ofertando álcool a preços superiores aos da semana anterior, mas não conseguiram compradores a esses níveis. Com isso, boa parte das distribuidoras ficou fora do mercado até a terça-feira. De quarta a sexta, a procura teve uma certa melhora, já que as compras desta semana atenderiam a programação do mês de julho, mas a oferta continuou relativamente pequena. O Indicador semanal do álcool anidro combustível CEPEA/ESALQ para o Estado de São Paulo fechou a R$ 0,62608/litro, queda de 0,25% (sem impostos) frente à média da semana anterior. Já o hidratado combustível teve alta de 0,61%, com a média ficando em R$ 0,54126/litro (sem impostos). Em relação à paridade de preços entre os produtos do setor sucroalcooleiro para o Estado de São Paulo, cálculos do Cepea indicam que o preço médio do açúcar remunerou 29% mais que o anidro e 40% mais que o hidratado na última semana. Entre os dois alcoóis, o anidro remunerou 9% mais que o hidratado. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado