ÁLCOOL: Maior oferta pressiona cotações

Na última semana, um maior volume de álcool foi disponibilizado no mercado paulista. Usinas procuravam "fazer caixa" a fim de cobrir despesas com folha de pagamento. O processamento foi retomado normalmente depois da paralisação no fim de maio, em decorrência da chuva forte e do feriado de Corpus Christi. Nesse cenário, o Indicador semanal do álcool anidro carburante CEPEA/ESALQ caiu 1,34%, fechando a R$ 0,65662/litro (sem impostos). Já o hidratado encerrou o período cotado a R$ 0,57490/litro (sem impostos), recuo de 0,65%. Em relação à paridade de preços entre os produtos do setor sucroalcooleiro, cálculos do Cepea indicaram que o preço médio do açúcar remunerou 17% mais que o álcool anidro e 26% mais que o hidratado na última semana. Comparando-se os dois tipos de álcool, verifica-se que o anidro remunerou 8% mais que o hidratado nesse mesmo período. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado