ÁLCOOL: Menor oferta e preços altos reduzem negócios

A oferta de álcool está cada vez mais restrita, nas mãos de poucas usinas, de regiões específicas neste período de entressafra - fim da temporada 2004/05. Isso leva compradores a negociar pequenos volumes, apenas para atender à demanda pontual. O Indicador CEPEA/ESALQ do álcool anidro para o estado de São Paulo acumulou alta de 4,55% entre 7 e 11 de março, fechando a R$ 0,87870/litro (sem impostos) na sexta-feira. Já o hidratado encerrou o período a R$ 0,77288/litro (sem impostos), valorização de 0,75%. Em relação à paridade de preços entre os produtos do setor sucroalcooleiro para o estado de São Paulo, cálculos do Cepea indicam que o preço médio do açúcar remunerou 4% mais que o álcool anidro e 11% mais que o hidratado na última semana. Comparando-se os dois tipos de álcool, verifica-se que o anidro remunerou 8% mais que o hidratado no mesmo período. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado