ÁLCOOL: Mercado interno e externo se consolidam em 2004

No decorrer de 2004, os patamares de preços estiveram superiores aos esperados no início da safra, o que representou a consolidação tanto do mercado externo como do interno de álcool. O aumento por volta de 2% da produção de álcool estimado nos primeiros meses do ano era visto como fundamento baixista das cotações, mas a demanda interna, aquecida pelos consecutivos reajustes da gasolina, e o incremento das exportações sustentaram os preços em alta durante toda a safra 2004/05 da região Centro-Sul. No Estado de São Paulo, o Indicador CEPEA/ESALQ do alcool anidro acumulou alta de 94,3% do final de abril ao fechamento de 30 de dezembro; para o hidratado combustível, a valorização foi de 88%. Na última semana do ano, como esperado, o mercado paulista de álcool foi marcado por baixo interesse de negócios tanto das distribuidoras, que estavam abastecidas, quanto das usinas que, em sua maioria, se encontravam fora do mercado ou em férias coletivas. Com isso, o preço do produto ficou praticamente estável no período. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado