ÁLCOOL: Ritmo de negociação continua lento

O mercado paulista de álcool mantém o ritmo lento de negociação. Grande parte das usinas dispõe de pouca oferta para a venda neste momento, visto que apenas algumas unidades já começaram a safra 2005/06. Do lado das distribuidoras, algumas continuam trabalhando com estoques de compras anteriores. Além disso, a expectativa de que os preços caiam com a abertura da moagem em todas as usinas fez com que alguns compradores postergassem as compras. O Indicador semanal CEPEA/ESALQ do álcool anidro carburante para o estado de São Paulo registrou pequena alta 0,77%, fechando a R$ 0,88669/litro (sem impostos) na sexta-feira, 8. Já o hidratado encerrou o período cotado a R$ 0,77461/litro (sem impostos), praticamente estável. Em relação à paridade de preços entre os produtos do setor sucroalcooleiro, cálculos do Cepea indicam que o preço médio do açúcar remunerou 27% mais que o álcool anidro e 37% mais que o hidratado na última semana. Comparando-se os dois tipos de álcool, verifica-se que o anidro remunerou 8% mais que o hidratado no mesmo período. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado