ALGODÃO: Maior oferta deve reduzir preços em 2005

Para 2005, produtores brasileiros de algodão estão menos esperançosos quanto a uma possível melhora nas cotações. A tendência é de preços internacionais decrescentes, com a previsão de aumento da oferta mundial e interferência dos subsídios de países desenvolvidos na produção e exportação da pluma. A estimativa para as próximas cinco safras é que o preço médio do algodão oscile por volta de 20 centavos de dólar por libra-peso abaixo da média dos últimos 30 anos - segundo o último relatório do Comitê Consultivo Internacional do Algodão (International Cotton Advisory Committee - Icac). Na última semana, segundo levantamento realizado pelo Cepea, poucos negócios para pronta-entrega foram efetivados no mercado interno do algodão em pluma. Esse comportamento, que já era esperado, foi atribuído ao período de festas de final de ano e, principalmente, à dificuldade de encontrar transporte para o carregamento do produto. Por outro lado, os contratos antecipados para entregas futuras tiveram melhor liquidez. Nessa terça-feira, o Indicador CEPEA/ESALQ - 8 dias de pagamento - fechou a R$ 1,2068/lp, ligeira alta de 0,28% em relação ao dia anterior. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado