ALGODÃO: Melhor demanda não eleva cotações

Apesar da demanda mais aquecida, os preços do algodão em pluma caíram nos últimos dias, pressionados pela maior oferta disponível no mercado doméstico. Vendedores, com necessidade de caixa ou para liquidar estoques, acabaram negociando o produto a valores mais baixos. É importante analisar que o aumento da disponibilidade da pluma foi pontual. De modo geral, não há pressão de oferta no mercado. Os preços internos seguem com relativa estabilidade há algum tempo, em níveis historicamente baixos. Entre 1º e 8 de novembro, o Indicador CEPEA/ESALQ, com 8 dias de pagamento, recuou 1,36%, fechando o período a R$ 1,0481/lp. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado