ALGODÃO: Menor oferta sustenta preços em período típico de quedas

Cepea, 28 - Contrariando expectativas do setor, os preços do algodão em pluma seguiram sustentados em junho. No mesmo período dos anos anteriores, o que se observava eram quedas de preço, com o avanço das atividades de campo e o maior volume produzido. Neste ano, contudo, devido à menor produção e o atraso da colheita e à demanda aquecida, os preços seguem estáveis. Entre 20 e 27 de junho, o Indicador CEPEA/ESALQ - 8 dias para pagamento - manteve-se praticamente inalterado, fechando o período em R$ 1,3357/lp. Ao longo do mês, a valorização é de 3,48%. O mercado de exportação esteve calmo nos últimos dias, devido às quedas das cotações internacionais e à continuidade da valorização do Real frente ao dólar. A média semanal da paridade de exportação calculada pelo Cepea, FOB Paranaguá, foi de R$ 1,0236/lp, 3,52% menor que a da semana anterior (R$ 1,0610/lp), com base no Cot A. A vantagem para a venda doméstica tem se sustentado desde o final do ano passado.
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado