ALGODÃO: Preço baixo ameaça rentabilidade do produtor

A combinação de aumento da oferta (avanço da safra) e demanda retraída continuou pressionando o preço interno do algodão em pluma. Nessa terça-feira, 24, o Indicador CEPEA/ESALQ - 8 dias de pagamento - fechou a R$ 1,0783/lp, queda de 1% em relação ao dia anterior. No mês, o recuo chega a 12,69%. A maior parte das têxteis tem restringido as compras a pequenos volumes para processamento imediato. Embora a valorização do Real frente ao dólar enfraqueça a exportação da pluma e contribua para aumentar ainda mais a oferta interna, tornando-a, portanto, mais acessível aos compradores, o câmbio tem ainda outro efeito: favorece a importação de tecidos. A concorrência com a maior oferta de artigos asiáticos já faz com que algumas indústrias diminuam a produção, chegando até a antecipar as férias de seus funcionários. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado