ALGODÃO: Preço interno segue próximo da paridade de importação

A continuidade da resistência compradora nos últimos dias manteve ligeira pressão sobre as cotações do algodão em pluma, ainda que a oferta também estivesse baixa. O recuo comprador deve-se ao fato de os preços domésticos estarem muitos próximos da paridade de importação. Se considerado o primeiro vencimento da Bolsa de Nova York (Nybot), a paridade de importação seria de R$ 1,31/lp e, se a base for o Cot A, de R$ 1,45/lp, ambas posto indústria em São Paulo. Entre 21 e 27 de fevereiro, o Indicador CEPEA/ESALQ - 8 dias para pagamento - teve queda de 0,91%, fechando o período em R$ 1,4258/lp. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado