ALGODÃO: Tipos finos sustentam preços

Na contramão dos preços internacionais, as cotações internas do algodão em pluma continuam subindo, sustentadas, principalmente, pelo bom volume de negócios envolvendo tipos finos de algodão (31-4 e 31-2). Indústrias estão com estoques baixos deste produto de melhor qualidade, já que ainda são poucos os lotes disponíveis da nova safra (2004/05) do Paraná e de São Paulo. Nessa terça-feira, 12, o Indicador CEPEA/ESALQ - 8 dias de pagamento - fechou a R$ 1,2782/lp, alta de 0,4% em relação ao dia anterior. No acumulado do mês, a valorização é de 1,84%. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado