ALGODÃO: Vendedor resiste e comprador analisa paridade de importação

Compradores e vendedores da pluma disputam uma acirrada "queda-de-braço". Vendedores têm resistido a valores mais baixos, devido à oferta reduzida da pluma. Apenas alguns estiveram ofertando, especialmente para pagamentos rápidos ou antecipados e a retirar. Compradores, por sua vez, tentam reduzir as cotações alegando a proximidade entre os valores atuais e a paridade de importação. No balanço dos últimos dias, o mercado interno esteve pouco movimentado, e os preços seguiram praticamente estáveis. Chamou a atenção a diferença entre as mínimas e as máximas, que aumentou, dada a indefinição dos agentes quanto à tendência das cotações. Entre 8 e 15 de fevereiro, o Indicador CEPEA/ESALQ - oito dias de pagamento - recuou pouco mais de 1%, fechando o período a R$ 1,3792/lp. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado