BOI: Baixa demanda pressiona cotações da carne

As negociações no mercado pecuário persistem bastante lentas, principalmente no atacado de carne bovina da Grande São Paulo. Às vésperas do feriado da Semana Santa, a demanda por carne vermelha esteve bastante retraída, contribuindo para novas quedas nos preços. Já nas negociações com boi gordo, os preços seguem praticamente estáveis, uma vez que a oferta esteve ajustada à demanda nas várias praças pesquisadas pelo Cepea. Desde o dia 16 de março, o Indicador Esalq/BM&F do Boi Gordo mantém-se ligeiramente abaixo de R$ 58,00 à vista; nessas três semanas, oscilou no intervalo de R$ 57,77 a R$ 57,95. Nessa quarta-feira, fechou a R$ 57,84 à vista e a R$ 58,87 a prazo, no Estado de São Paulo, para descontar o Funrural. No correr de março, o acumulado do Indicador à vista foi de 0,77% negativo; em 2003, no mesmo período, a queda foi de 1,7% e, em 2002, de 6%.(Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado