BOI: Chuva não sustenta cotações

A chuva dos últimos dias em várias praças onde a seca perdurava há semanas gerou um efeito psicológico de elevação dos preços, motivado pela possível manutenção de lotes no pasto. Por ora, contudo, os fatores climáticos não trouxeram alterações significativas nas condições de pastagem nem de mercado. De modo geral, o mercado de boi segue lento, com oferta superior à demanda, o que tem pressionado as cotações em praticamente todas as praças consultadas pelo Cepea. Nessa quarta-feira, 27, o Indicador do Boi Gordo Esalq/BM&F fechou a R$ 54,23 (valor à vista), queda de 3,9% no mês. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado