BOI: Futuros confirmam pessimismo do físico

Julho avança sem dar sinal de que as quedas iniciadas em janeiro possam ser revertidas em curto prazo. Os negócios do mercado futuro confirmam esse "pessimismo". Na BM&F, o ajuste para julho foi de R$ 52,38, valor menor que o Indicador da quarta-feira, que fechou em R$ 52,65. A expectativa para outubro (no passado, pico de entressafra) está em R$ 56,02 (semelhante aos valores praticados em abril, no mercado físico) e, para dezembro, em R$ 56,71/arroba. É importante considerar, contudo, que os recuos seguidos de preços, em boa parte, se baseiam em especulações, ou melhor, em expectativas de que o volume ofertado (confinamento mais pasto) seja grande frente à demanda esperada e de que o período com escassez de boi seja muito curto para que altas consideráveis venham a acontecer. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado