BOI: Pecuaristas se mostram desanimados

Tanto frigoríficos como pecuaristas estão enfrentando um cenário complicado. As vendas internas e externas de carne seguem desaquecidas, inibindo a demanda dos frigoríficos. Além dos patamares atuais de preços, considerados baixos, produtores estão em meio a mudanças de classificação do produto e de tributação das vendas. Por enquanto, as ofertas de gado seguem acima do volume demandado, mas a retração dos vendedores especialmente no início desta semana tem favorecido uma certa sustentação dos preços em algumas praças, especialmente nas paulistas. Esse recuo, mesmo em período considerado "safra", evidencia que os valores negociados estariam em patamares já muito baixos. Nessa quarta-feira, 02, o Indicador Esalq/ Bm&F para o boi gordo fechou a R$ 58,15/arroba à vista, ligeiro recuo de 0,21% em relação ao dia anterior. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado