BOI: Preço da fêmea reage diante da menor oferta

Ao longo dos últimos anos, o abate de fêmeas e o descarte de matrizes têm aumentado. Ao mesmo tempo, vem crescendo o consumo interno de carne, mercado que mais absorve a carne de vacas. Com isso, agentes temem que a oferta de vacas/novilhas para abate seja insuficiente para atender ao volume demandado internamente. Essa previsão já é feita há mais de um ano, porém, os preços dos últimos 12 meses não confirmam "falta" desses animais. Se comparados os preços do dia 23 de novembro deste ano aos do mesmo período de 2003, o boi acumula alta nominal de apenas 3% no Estado de SP. Já a fêmea reagiu ainda menos, 2%, em média, no mesmo Estado. Nos últimos 30 dias, porém, os preços, de fato, sinalizam um aquecimento da procura por vaca. Em relação a 22 de outubro, o preço da arroba de vaca na média de SP, por exemplo, reagiu 4,6%, enquanto o do boi, no mesmo Estado, aumentou 3%. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado