BOI: Preços se mantêm em queda

Os preços da arroba de boi gordo se mantiveram em queda na última semana e no início desta, refletindo sobretudo o desajuste já verificado nos dias anteriores entre o volume ofertado e a procura efetiva. Entre os dias 15 e 22, o Indicador do Boi Gordo Esalq/BM&F cedeu 1,4%. As escalas de abate continuam longas, especialmente as de animais rastreados, pressionando as cotações. O pouco interesse da ponta compradora na aquisição de novos lotes somado à entrada de lotes semi e confinados e ainda à oferta do restante dos animais de pasto especialmente no Mato Grosso do Sul - o clima continuou favorecendo a entrega dos animais - fizeram com que o volume de oferta continuasse maior do que a demanda. Com a notícia do novo embargo da Rússia por conta da notificação de febre aftosa no Amazonas, operadores envolvidos diretamente com a comercialização da carne - frigoríficos e atacadistas - receiam os desdobramentos no mercado interno nas próximas semanas. Ressaltam que o ritmo considerado fraco das vendas internas - seja pelo poder aquisitivo do consumidor ou pela oferta relativamente maior que a procura - pode tornar-se ainda mais lento. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado