CAFÉ: Bolsa fecha positiva, mas físico não se altera

Os contratos futuros de café arábica que vencem em maio subiram 135 pontos na bolsa de mercadorias de Nova York (na CSCE) nessa terça-feira. Compras de indústrias e especuladores, além da cobertura de posições vendidas de alguns participantes, elevaram as cotações da bolsa naquela tarde. Mesmo com a valorização do mercado futuro, o físico nacional seguiu em ritmo lento. Agentes do setor mantêm-se receosos com as fortes quedas do grão verificadas desde a última semana. O Indicador CEPEA/ESALQ do arábica fechou a R$ 320,25, nessa terça, alta de 0,23% em relação ao dia anterior. Para o robusta, o Indicador fechou a R$ 144,56, reação de 0,3% no mesmo período. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado