CAFÉ: Bolsas aumentam liquidez no físico

Impulsionado por compras de fundos especuladores, o mercado futuro de café registrou fortes ganhos nessa terça-feira. Na bolsa de mercadorias de Nova York (na CSCE), o arábica subiu 605 pontos no vencimento maio e, na de Londres (Liffe), o mesmo contrato do conillon disparou 70 pontos. As valorizações internacionais possibilitaram um maior número de negócios no físico brasileiro. Alguns agentes, contudo, permaneceram retraídos, alegando que esse movimento especulativo é passageiro e que as cotações futuras podem recuar nos próximos dias. O Indicador CEPEA/ESALQ do arábica fechou a R$ 349,63, nessa terça, alta de 9,29% em relação ao dia anterior. Para o robusta, o Indicador fechou a R$ 147,95, reação de 2,08% no mesmo período. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado