CAFÉ/CEPEA: Ritmo de negócios segue lento no BR

Cepea, 13/06/2018 – Segundo levantamento do Cepea, o ritmo de negócios envolvendo os cafés arábica e robusta segue lento no Brasil, cenário que vem sendo verificado desde a segunda quinzena de maio, quando ocorreu a greve dos caminhoneiros. Nos últimos dias, especificamente, foram a forte oscilação do dólar e as incertezas relacionadas ao mercado externo que afastaram agentes do mercado de café. Além desse quadro, agentes consultados pelo Cepea observaram que o tabelamento dos fretes no País também vem atrapalhando as negociações e as entregas de café, especialmente nas regiões produtoras mais distantes, como Noroeste do Paraná e Rondônia. Nessa terça-feira, 12, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica, tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a R$ 455,19/saca de 60 kg, queda de 0,8% em relação ao dia 5. Quanto ao robusta, o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6 peneira 13 acima fechou a R$ 335,42/saca de 60 kg nessa terça, queda de 0,9% em relação à terça anterior. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

voltar