CAFÉ: Clima segue preocupando agentes

O clima quente e seco nas lavouras de café do País vem aumentando a preocupação de cafeicultores das principais regiões produtoras - Paraná, Sul de Minas, São Paulo e Rondônia -, fato que leva o setor a comentar em quebra da safra 2007/08. Apenas no Espírito Santo, maior região produtora de robusta do Brasil, o clima segue favorável ao desenvolvimento da safra. Desde agosto, têm chovido bastante nas lavouras capixabas, o que fez com que a maior parte das floradas ocorresse naquele período. Na terça-feira, 18, os negócios no mercado físico fecharam entre R$ 260,00/sc e R$ 265,00/sc e o produto mais fino chegou a ser cotado a até R$ 270,00/sc. Na bolsa de mercadorias de Nova York (ICE Futures), os contratos de arábica que vencem em dezembro subiram 260 pontos, ultrapassando os 130 centavos de dólar por libra-peso. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado