CAFÉ: CSCE cai 175 pontos nessa terça

Nessa terça-feira, a Bolsa de Mercadorias de Nova York fechou em queda de 175 pontos nos contratos com vencimento em julho, pressionada pela previsão de aumento na safra mundial - principalmente a brasileira - e pelas liquidações de fundos. Além desses fatores, a previsão de tempo limpo em todas as regiões produtoras do Brasil também enfraqueceu a Bolsa norte-americana. No mercado físico, agentes estiveram receosos quanto aos negócios. Algumas exportadoras necessitavam de alguns lotes para embarques de imediato, contudo, se depararam com uma oferta restrita em todas as praças de comercialização do país. O Indicador CEPEA/ESALQ do arábica fechou a R$ 243,2, nessa terça, queda de 2,57% no mês. Para o robusta (conillon), o recuo foi de 3,8% nos últimos sete dias, com o grão encerrando a terça a R$ 140,33. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado