CAFÉ: Falta de contêineres dificulta embarques

Segundo o Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil), em agosto, o Brasil deixou de exportar aproximadamente 500 mil sacas de café, devido à falta de contêineres e problemas com a infra-estrutura em Santos, principal porto do país. Apesar dos ganhos da CSCE nessa terça-feira (50 pontos positivos para os contratos com vencimento em dezembro), o recuo da taxa de câmbio - que atingiu R$ 2,92/US$ - inibiu uma maior comercialização do grão. O Indicador CEPEA/ESALQ do robusta (conillon) fechou a R$ 136,54, nessa terça, queda de 0,83% em relação ao dia anterior. Já o arábica teve alta de 0,61%, com o grão encerrando a terça a R$200,31. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado