CAFÉ: Nybot sobe, mas mercado continua calmo

Cepea, 26 - Apesar da alta de 105 pontos dos futuros que vencem em setembro na bolsa de mercadorias de Nova York (Nybot) nessa terça-feira, dia 25, os preços internacionais do café continuam em patamares baixos. Isso porque o clima quente no cinturão cafeeiro do Brasil afasta a formação de geadas nas lavouras e favorece a intensificação da colheita da safra 2006/07, que já ultrapassa mais da metade do total, de 40,6 milhões de sacas de 60 kg, conforme a Conab. No mercado interno, mesmo com a recuperação da bolsa, a oferta segue limitada. Com a chegada de recursos do governo para despesas de colheita, cafeicultores preferem segurar o produto, na expectativa de melhores preços. O Indicador CEPEA/ESALQ do arábica fechou a R$ 214,60/sc nessa terça, 25, queda de 1,82 no acumulado do mês. Para o robusta, o Indicador acumula alta de 0,77% no mesmo período, a R$ 159,05/sc na terça.
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado