CITROS: Ano ruim para a citricultura paulista

2004 foi um ano ruim para o citricultor paulista, que fecha com uma receita menor, menos indústrias compradoras no mercado e com uma pressão maior nos custos decorrentes da maior incidência de doenças nos pomares. Segundo estimativas do Cepea, a receita bruta nas lavouras este ano foi de R$ 2,5 bilhões, contra R$ 2,8 bilhões em 2003, queda de 11%. No lado da indústria, as exportações de suco atingiram volumes recordes, mas não geraram maiores dividendos neste ano, ainda em função da pressão nos preços internacionais. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado