CITROS/CEPEA: Baixo volume de laranja de qualidade sustenta cotações; tahiti se desvaloriza

Cepea, 4/10/2019 – Apesar da demanda um pouco desaquecida, as cotações da laranja seguem firmes, sustentadas pela menor disponibilidade de frutas de qualidade no mercado in natura. Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a pera teve preço médio de R$ 21,13/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 3,8% em relação ao da semana passada. A valência também segue com cotações firmes, mesmo com a intensificação da colheita, com média de R$ 18,12/cx de 40,8 kg, na árvore, estável (+0,5%) na mesma comparação. Já os preços da lima ácida tahiti registraram recuo frente aos da semana passada. Segundo colaboradores do Cepea, a retomada das atividades de colheita e a baixa demanda influenciaram este cenário – uma vez que, no período anterior, os preços se elevaram expressivamente. Na parcial da semana, a tahiti teve média de R$ 79,94/cx de 27 kg, colhida, recuo de 5% em relação à da semana passada. Vale destacar, contudo, que a disponibilidade da tahiti paulista continua baixa, pois as frutas nas árvores ainda não atingiram o estágio de maturação e tamanho ideais para colheita. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado