FRANGO: 13º e proximidade do Natal garantem altas

Nos últimos dias, os preços do resfriado e do congelado continuaram reagindo em todas as praças pesquisadas pelo Cepea. Isso porque, no mercado de frango, a tradicional queda das vendas no fim-de-mês não costuma ocorrer em novembro. O recebimento da primeira parcela do 13º salário, e a proximidade do Natal tendem a elevar a procura por carne de frango, principalmente nas classes de menor renda, já que é um produto mais acessível que os demais comemorativos, como chester e peru. Neste ano, as cotações têm ganhado suporte também da valorização do frango vivo, que está menos disponível no País, e do crescimento das exportações nos últimos meses. Entre janeiro e novembro deste ano, o preço do resfriado valorizou 8,5% em média no Estado de São Paulo. As maiores altas ocorreram a partir de outubro, quando as exportações deram um grande salto. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado