FRANGO: Calor intenso diminui produtividade do setor

A produtividade do setor avícola está diminuindo com o forte calor registrado no Sul do País. Para evitar maiores perdas com a morte de aves, produtores estão abatendo frangos ainda sem peso ideal (que seria atingido em 45 dias). Se a temperatura continuar alta na região, sem registro de chuva, a oferta de animais também deve seguir elevada e com qualidade inferior em curto prazo, pressionando as cotações. Já em momento seguinte, a tendência é que a disponibilidade de animais fique abaixo da demanda, principalmente externa, que exige alta qualidade. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado