FRANGO: Carne de frango recua menos

Entre as carnes, a de frango foi a que menos desvalorizou neste ano. De 2 de janeiro a 28 de abril, o traseiro bovino recuou 20% e a carcaça suína, 27%, no acatado da Grande São Paulo, em termos nominais. Já para o frango resfriado, a queda não passou de 14% na mesma praça. Segundo agentes do setor, o ritmo de venda da carne de frango esteve relativamente normal neste ano. Além de ter preços mais acessíveis à população, o produto pode ter sido a opção de muitos consumidores no verão, já que é um alimento mais "leve". (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado