FRANGO: Excesso de oferta ainda pressiona cotações

Cepea, 16/12/2005 - Nos últimos dias, mesmo com a ligeira recuperação dos preços do frango, os valores ainda são mais baixos que os praticados no início do mês. Entre 12 e 15 de dezembro, o frango resfriado valorizou 0,5%, mas o congelado caiu 0,9%, no atacado da Grande São Paulo. No início do mês, contudo, as cotações do congelado estavam 0,9% mais altas e as do resfriado, 1,44%. O "inesperado" comportamento baixista neste momento reflete principalmente o pior desempenho das exportações, ligado à queda do consumo de carne de frango no mundo (gripe aviária) e à greve dos fiscais agropecuários em novembro. Nesse contexto, o setor começa a ajustar a oferta à demanda. Grandes agroindústrias do Sul do país estão diminuindo a produção, abatendo milhares de pintainhos de corte, além dos ovos que deixaram de ser incubados, segundo agentes do mercado. (Cepea)

voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado