FRANGO: Exportações não param de crescer

As exportações brasileiras mantêm-se crescentes desde o início do ano. Na primeira semana de dezembro, os embarques de carnes (bovina, suína e de frango) superaram as expectativas, alcançando o equivalente à média diária de US$ 30,234 milhões, 20% maior que a registrada em novembro - Secex. No mercado interno, frigoríficos tendem a reduzir o valor dos frangos congelado e resfriado a partir desta semana, para intensificar o escoamento, abrindo espaço para estocar aves de maior consumo e preço no fim-de-ano, como o peru. Segundo agentes de mercado, é mais vantajoso manter estoques desses "produtos festivos" nesta época do ano, por serem comercializados mais rapidamente, a preços maiores. O custo de estocagem de aves varia de R$ 0,08 a R$ 0,09 diário, o quilo. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado