FRANGO: Greve pode ter forte impacto no setor

Com a greve dos fiscais agropecuários federais, iniciada nessa segunda, 7, o setor avícola receia que as vendas de fim-de-ano sejam afetadas. Há preocupação também com o andamento das exportações (o Brasil é o maior exportador mundial de carne de frango) e com a questão sanitária, ligada à necessidade de controle intensivo para evitar a chegada da gripe aviária no País. O varejo já começou a fazer estoques para as festas natalinas e, no setor produtivo, há muita apreensão sobre a dificuldade para escoar o produto sem a certificação dos fiscais. Por enquanto, contudo, o preço do frango resfriado, produto mais consumido nas festas, continua em alta. Em Descalvado (SP), por exemplo, o quilo subiu 4% em sete dias. O congelado, principal produto para exportação, desvalorizou ainda mais nos últimos dias com os receios ligados às dificuldades de certificação para embarque. Grandes estados exportadores, como Santa Catarina e Paraná, registraram quedas; em Chapecó (SC) foi de 1,2% e, em Toledo (PR), de 1,7%. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado