FRANGO: Maior oferta pressiona preços

Os preços do frango vivo e do abatido (resfriado e congelado) acumularam queda em abril. Além da desaceleração das exportações no último mês, a produção brasileira aumentou em março, reforçando o excedente de oferta. Levantamentos do Cepea mostram que o resfriado desvalorizou 10,13% no mês passado em Porto Alegre (RS) e 4,35% em Chapecó (SC). No atacado da Grande São Paulo, o quilo do resfriado teve ligeiro aumento de 0,5% no correr de abril. Nos últimos sete dias, o movimento seguiu baixista, agravado pela lentidão dos negócios com o feriado. Para a próxima semana, é esperado um aquecimento das vendas ao consumidor, mas, por enquanto, atacadistas não sentiram aumento dos negócios; na opinião de alguns, essa melhora pode ocorrer nos próximos dias com o escoamento dos estoques varejistas. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado