FRANGO: Preços do abatido podem subir

O recebimento de salário no início de junho, num cenário de aparente diminuição da oferta - comparado aos meses anteriores -, motivou reajustes do frango vivo nas principais regiões do País. Em Descalvado (SP) e São José do Rio Preto (SP), as altas foram de 3,8%, em sete dias, mostrando que há procura pela carne e que pode haver o repasse nos preços do abatido - resfriado e congelado - nas próximas semanas. Contudo, o fato de as exportações continuarem fracas pode dificultar novas valorizações ou mesmo a sustentação dos atuais valores. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado