FRANGO: Queda chega a 14% em novembro

Os preços do frango vivo seguem em queda, pressionados pela elevada oferta, em decorrência da dificuldade dos frigoríficos em negociar tanto no mercado interno quanto externo - continuidade da greve dos ficais federais agropecuários. Desde o início de novembro, o animal vivo já recuou 14% no interior paulista. Em anos anteriores, nesta época do ano, ocorria o contrário: os preços se mantinham em alta, alavancados pelo aumento das vendas para o fim-de-ano. Para minimizar os impactos da paralisação dos fiscais, o Ministério da Agricultura teve autorização para contratar emergencialmente 500 profissionais da área de agronomia e medicina veterinária. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado