MACRO: Câmbio do BR afeta preços internacionais de carne bovina

O Brasil, na condição de um dos maiores exportadores de commodities agropecuárias, pode, através do aumento da oferta global proporcionada pelo crescimento das suas exportações, afetar os preços internacionais. Essa relação de causalidade deve ser observada em praticamente todos os mercados em que o Brasil possui um elevado market-share, a exemplo do mercado internacional de carne bovina processada. Conforme estimativas do Cepea, variações na taxa de câmbio efetiva do Brasil levam em torno de sete meses para afetar o preço internacional da carne bovina processada (US$/kg). Para o caso de uma valorização de 10% do câmbio brasileiro, que pode desestimular as exportações e, conseqüentemente, reduzir a oferta do produto após sete meses, espera-se que ocorra um aumento em torno de 1,25% no preço internacional. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado