MACRO: Queda de 0,5% dos juros não melhora situação do agronegócio

Cepea, 20 - O Banco Central reduziu a taxa Selic de 14,25% aa para 13,75% aa nesta semana. A taxa de juros tem impacto sobre o nível de atividade econômica do país e, como mostram as estimativas recentes, tem provocado a valorização do Real frente ao dólar. Pesquisadores do Cepea analisam que, embora importante, a redução dos juros reais ainda não é suficiente para promover um crescimento econômico mais acelerado e tampouco para permitir uma taxa de câmbio mais atrativa para as exportações. Essa é uma notícia ruim para o agronegócio brasileiro que, em 2006, tem enfrentado séria crise econômica, com endividamento dos produtores e redução do PIB do setor. Em valores reais, descontado a taxa de inflação (aqui considerado o IPCA), a taxa de juros real média da economia brasileira, desde 2000, está em torno de 9,86% aa. Mantido o patamar de 13,75% aa para a taxa Selic e sendo cumprida a meta de inflação para 2006 (IPCA em 4,5%), a taxa de juros real ficará em 8,85% aa. Mais informações com o pesquisador Humberto Spolador através do Laboratório de Comunicação pelos telefones: (19) 3429-8836/8837
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado