MANDIOCA/CEPEA: Com oferta reduzida, média nominal é a maior desde outubro/20

Cepea, 23/8/2021 – O clima seco e as temperaturas elevadas na maioria das regiões produtoras de mandioca acompanhadas pelo Cepea prejudicaram a colheita nos últimos dias, interrompendo os trabalhos em alguns casos. Assim, de acordo com colaboradores do Cepea, as indústrias de fécula e de farinha tiveram dificuldades para se abastecer. Nesse contexto, entre 16 e 20 de agosto, a média semanal a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 492,34 (R$ 0,8562 por grama de amido), 4% maior que a do período anterior e também a mais alta desde outubro do ano passado, em termos nominais. Em termos reais (deflacionamento pelo IGP-DI), o valor médio da última semana é 15,7% maior que o do mesmo período de 2020. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado