MANDIOCA/CEPEA: Média nominal é a menor desde setembro/20

Cepea, 8/3/2021 – O interesse pela colheita e comercialização de mandioca segue elevado em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea, o que está relacionado à necessidade de liberar áreas para outras atividades agropecuárias ao fim do prazo de entrega de áreas arrendadas ou mesmo para que produtores se capitalizem para compromissos de financiamento, e não necessariamente à atratividade vinda da receita da mandioca. Assim, nos últimos dias, as cotações da raiz recuaram para o menor patamar registrado desde setembro do ano passado. Ao mesmo tempo em que a oferta tem crescido, a demanda pela matéria-prima tem dado sinais de enfraquecimento, principalmente nas fecularias com maiores estoques – algumas até interromperam a moagem nos últimos dias. Assim, entre 1º e 5 de março, o preço médio semanal a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 424,71 (R$ 0,7386 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), baixa de 2% frente à média anterior e a menor desde setembro de 2020. Em valores atualizados (deflacionamento pelo IGP-DI de janeiro/21), a média da semana é 12,5% menor que a de igual período do ano passado. Fonte: www.cepea.esalq.usp.br

voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado