MANDIOCA: Setor não reconquista mercados em 2005

Em 2005, a maior oferta de raiz de mandioca pressionou as cotações da matéria-prima, que já vinham em queda desde o ano anterior. Os preços da raiz e dos produtos acabados, no entanto, não caíram a ponto de torná-los competitivos o suficiente para reconquistar consumidores que tinham substituído fécula por amido de milho. Entre janeiro e novembro, a matéria-prima desvalorizou em média 7,4% ao mês, em termos reais. Comparando o valor real médio de novembro (R$ 83,41/t) com o de janeiro (R$ 191,15/t), houve baixa de 56,3%. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado