MILHO: Chuva não recupera perdas no Sul

A chuva que atinge o Sul do País, principal região produtora de milho de verão e também de inverno (o Paraná, neste caso), não deve recuperar as perdas já registradas nas lavouras. O milho foi mais afetado que a soja pela estiagem que predominava anteriormente e, na verdade, as precipitações neste momento só diminuem a possibilidade de ampliação dos danos. Segundo a Seab/Deral, o estado deve produzir agora 7,63 milhões de toneladas de milho, contra 8,84 previstas inicialmente. O novo número ainda é 17% superior ao do ano passado, de 6,5 milhões de toneladas. O Indicador Esalq/BM&F do milho fechou essa sexta-feira, 20, a R$ 17,33/saca de 60 kg, queda de 2,6% em relação à semana anterior. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado