MILHO: Empresas priorizam compra direto do produtor

O ritmo de venda do milho safrinha segue lento no Brasil, com a apenas 7% da produção total comercializada neste início de agosto (Seab/Deral). Segundo agentes do mercado consultados diariamente pelo Cepea, a pouca comercialização do grão no mercado de lotes está relacionada ao fato de as empresas compradoras estarem adquirindo o produto diretamente dos produtores rurais, no mercado de balcão. Ao contrário do setor de soja, em que grande parte da produção é negociada nos lotes, o mercado de milho é bastante pulverizado, e as empresas adquirem inicialmente o produto direto dos produtores, em período de colheita. A expectativa é que o mercado de lotes apresente maior movimento a partir de setembro. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado