MILHO: Preço sobe 18% em um mês no mercado de lotes

O preço interno do milho continua subindo, impulsionado pela quebra da safra de verão e pelo atraso do plantio da safrinha. Além disso, a colheita segue em ritmo lento no Brasil. Entre 21 e 28 de março, a alta foi de 0,16% no mercado de lotes e de 2,7% no de balcão (ao produtor). Nos últimos trinta dias, a valorização do grão no lotes chega a 18%. Para a safra de verão 2004/05, não houve alteração na estimativa extraordinária da Conab da última semana em relação ao seu último relatório - produção de 29,3 milhões de toneladas, 7,3 milhões a menos em relação à 2003/04. O resultado do próximo levantamento sai em abril e deve apontar quebra ainda maior. Quanto ao milho safrinha, apenas 54% da área prevista para ser cultivada no inverno está plantada no Paraná, maior produtor nacional do grão, segundo a Seab/Deral. O normal seria que as atividades estivessem praticamente encerradas neste período. Daqui pra frente, o risco para a cultura aumenta, à medida que se aproxima a estação das geadas. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado