MILHO: Preços internacionais em alta amenizam quedas no Brasil

As recentes altas nas cotações do milho na Bolsa de Chicago (CBOT) têm amenizado as quedas de preços internos neste período de colheita. Depois de registrar quedas contínuas desde o final de janeiro, nesta segunda, 26, o Indicador ESALQ/BM&F (base Campinas - SP) subiu ligeiro 0,1% em relação à sexta, fechando a R$ 20,84/saca de 60 kg. No acumulado deste mês (até o dia 26), o Indicador registra queda de 15,14%. Na CBOT, o contrato Março/07 tem se mantido próximo aos US$ 4,30/bushel, maior preço desde julho de 1996. No Brasil, as atuais cotações estão em bons níveis aos produtores para este período de colheita. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado