MILHO: Preços não reagem

As cotações do milho tendem a reagir a partir do final de setembro (início de entressafra), mas a valorização cambial vem impedindo tal movimento. Entre 26 de setembro e 03 de outubro, os preços do grão caíram em média 2,52% no mercado de balcão e 0,99% no de lotes. Os maiores recuos foram vistos nas regiões produtoras de milho safrinha do Paraná. No mesmo período, o Real valorizou 1% frente ao dólar. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado