MILHO: Preços param de cair

A tendência de queda dos preços do milho foi interrompida na última semana, mesmo com o avanço da colheita da safrinha. Agosto é o mês em que esses trabalhos se intensificam, favorecidos pelo tempo seco. No entanto, a queda de preços, em curso desde abril, pode ter posicionado os valores em seu limite para as condições do mercado interno neste momento. O tamanho da produção de safrinha já está praticamente definido, e os agentes começam a operar suas posições de compra e venda com menor incerteza sobre o volume de oferta de milho neste ano. Segundo agentes de mercado, no Mato Grosso, a colheita praticamente terminou e, em Goiás e na região de Dourados (MS), também está bastante avançada. (Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado