MILHO: Produtor retrai e preço sobe

O mercado de milho vem operando de olho no clima para o outono brasileiro e seus possíveis efeitos sobre a safrinha. Apesar da geada que ocorreu na última semana em importantes regiões produtoras, não há indicação de perdas. Mas, outras frentes frias virão, pois estamos ainda no final de maio, quando a ocorrência de geadas não é comum. Diante desse cenário, produtores reduziram o ritmo de comercialização da safra verão aguardando maiores preços no segundo semestre. Entre os dias 22 e 28 de maio, o Indicador ESALQ/BM&F (região de Campinas) teve alta de 2,6%, fechando em R$ 19,39/saca nessa segunda-feira, 28. Na parcial de maio, o aumento é de 3,5%.(Cepea)
voltar
Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado